Inicio Parceria Contato Quem Somos Trabalhe Aqui Política Image Map

quinta-feira, 2 de maio de 2019

Avatar

Entrevista Com Akira Toriyama no Anime Comics de Dragon Ball Super: Broly




Nesta quinta-feira, 02 de maio, saiu o Anime Comics do filme Dragon Ball Super: Broly no Japão. Como esperado, o volume inclui algumas perguntas & respostas de Akira Toriyama, bem como uma entrevista com o diretor do filme Tatsuya Nagamine.

Aqui está a tradução da entrevista com Toriyama, nós tentaremos oferecer a você a entrevista com Nagamine muito em breve.

Entrevista Com Akira Toriyama no Anime Comics de Dragon Ball Super: Broly
===================================
Toriyama é perguntado se Broly, Lemo e Chirai irão desempenhar um papel no futuro.


Ele respondeu que Chirai e Lemo eram seus personagens favoritos. Eles até podem ser forasteiros que se envolveram com o exército Freeza, mas na verdade são mais honestos que qualquer outro. Se ele tivesse a chance, ele gostaria muito que eles desempenhassem um papel que se baseia em seu poder como um trio.

Toriyama é perguntado o que ele acha de Bardock, Paragus e Rei Vegeta como pais.


Por natureza, os Saiyajins buscam aumentar o número de pessoas poderosas dentro de sua raça, de modo que os vínculos entre pais e filhos não são muito fortes. Rei Vegeta e Paragus querem usar seus filhos para chegar a seu próprio orgulho e ambição, respectivamente, enquanto Bardock, incomum para um Saiyajin e mais próximo de um comportamento terráqueo parece ter um pouco de amor para com seu filho. Pensando nisso, Toriyama pensa que, finalmente, Goku também não parece pensar em seus filhos.

(Um comentário no lado indica que Vegeta parece dar mais afeto a seus filhos do que Goku com sua família, e se pergunta se é devido à influência e amor de sua amada Bulma, embora isto não é atribuído a Toriyama, também destaca que Bardock mudou o destino do Universo por esta prova de afeto para seu filho).

Toriyama é perguntado por sua cena favorita no filme.


Ele diz que as cenas de luta são realmente incríveis e acham que a maneira como elas dão a impressão de ter escorregado para outra dimensão foi sem precedentes. Embora não sejam exatamente cenas de combate, ele diz que gostou particularmente das cenas em que Goku se aquece e do que ele bufa no vidro da nave dos soldados de Freeza. Ambos foram improvisações da equipe de animação.

Toriyama é perguntado se ele tem algum pedido específico para as posições de seus personagens, suas expressões ou seus modos de falar, entre o roteiro e o filme.

Ele respondeu que não tinha pedidos particulares. Os diálogos foram escritos no roteiro e ele acha que o diretor fez um bom trabalho ao deduzir a atmosfera de tudo isso.


Finalmente, dada a aclamação internacional pelo retorno de Broly, Toriyama é convidado a receber uma mensagem para os leitores.

Ele diz que não sabe se o mangá pode tornar as cenas de luta do filme tão incríveis no papel, mas pede aos leitores que tentem imaginar as sensações de velocidade e impacto ao lê-lo. Esse senso de imaginação é importante. E seja cheio de vida! (WakuWaku em referência ao fraseado de Goku).
===================================

Algumas imagens do Animes Comics lançado neste dia 02 de maio no Japão.


Esta adaptação especial estará disponível em formato de papel por ¥ 1.512 mais impostos (€ 12 / R$ 52,24) com 360 páginas de conteúdo. Esta será a terceira transposição do filme em papel. As duas primeiras adaptações são os Light Novels de Masatoshi Kusabe e Kei Ogawa, ambos lançado no Japão em 14 de dezembro de 2018. Os filme anteriores "Dragon Ball Z: Battle of Gods" e "Dragon Ball Z: O Renascimento de F" também foram adaptados em Anime Comics, publicado na França em Glénat.


Clique na capa para fazer a compra do Anime Comics de Dragon Ball Super: Broly na Amazon Japan.

Anime Comics Dragon Ball Super: Broly

2 comentários:

Unknown disse...

Como que fais pra comprar esse mangá pela amazon japonesa

Tadoshi disse...

Amigo, eu vou ser sincero. Eu nunca comprei pela a Amazon Japan, mas entra pelo Google Chrome e traduza a página. A forma de comprar creio que seja padrão de uma compra online. Mas lembre-se, vai vir em japonês ou talvez até em inglês.

Postar um comentário