Inicio Parceria Contato Quem Somos Trabalhe Aqui Política Image Map

terça-feira, 3 de dezembro de 2019

Avatar

Nova Entrevista de Toyotaro Para o Lançamento do Volume 11 de Dragon Ball Super



Moro
O volume 11 de Dragon Ball Super será lançado neste próximo 4 de dezembro no Japão e, aproveitando a deixa, o site oficial de Dragon Ball realizou uma entrevista com Toyotaro. O mangaká de Dragon Ball Super retorna ao arco do "Prisioneiro da Patrulha Galáctica" e nos dá detalhes sobre o design de Moro, o principal antagonista do arco.


======================================
Pergunta: Que tipo de conversa você teve com Akira Toriyama para dar inicio a história do arco do "Prisioneiro da Patrulha Galáctica"?

Toyotaro: Quando me encontrei com o mestre Toriyama, fiquei surpreso com a ideia vindo do autor original! Nós dois nos certificamos de que era o começo de uma história muito boa.
Isso é algo que acontecerá em breve, então não posso contar muito sobre isso... mas por favor, estejam à espera por ver os segredos de um novo personagem que jamais você tenha imaginado a não ser que Akira Toriyama.

P: Com que tipo de imagens e ideias surgiram os novos personagens Merus e Moro?

T: Como Jaco e os patrulheiros galácticos têm uma imagem alienígena clássica, eu também dei a Merus um estilo retrô. Se bem que os cabelos grisalhos com um okappa cortado (bob curto) o faz parecer retrô, eu também dei a ele um visual de jovem bonito porque queria que ele fosse bem-sucedido.
Muitas vezes, deixando as orelhas pontudas, dá um aspecto alienígena, mas os patrulheiros galácticos têm suas orelhas ocultas, então eu decidi fazer um nariz um pouco pontudo para dar a impressão de alguém vindo de um planeta diferente. O fato de que Jaco, na realidade, é a sua verdadeira pele, mas Merus está usando uma combinação (risos). Coloquei ao lado de suas linhas de combinação que lembram as de Jersey, para deixar um design um pouco ultrapassado.

O design de Moro foi criado para se tornar um verdadeiro vilão.
O inimigo do arco "Prisioneiro da Patrulha Galáctica" não é um inimigo que possa se tornar um aliado / companheiro futuramente, eu queria que fosse um inimigo do qual não temos outra escolha a não ser derrotá-lo. Tomando, por exemplo, o Piccolo Daimaoh, eu queria que ele fosse um inimigo, onde através do seu visual todos pensam: "é absolutamente necessário derrotá-lo!".
Pensei em pegar a cabra que é usada como símbolo do diabo nos países ocidentais. Eu também coloquei roupas que o faz parecer deus da morte, de qualquer maneira, eu pensei que fosse realmente cruel como personagem.

 P: Em que você presta mais atenção ao desenhar Moro?

T: Eu acho que o ponto importante são os chifres dele. Estes não são chifres de cabra comuns, são curvos na ponta e têm um design complexo. Embora seja um design que eu mesmo criei, quando tento desenhar, é complicado e me arrependo um pouco (risos).
Sem se referir a um corpo tridimensional, é difícil ter um bom equilíbrio para as partes minúsculas. Procurei diferentes modelos de cabras, mas nada correspondia exatamente ao que eu queria. Então eu percebi que era algo que eu não tinha escolha a não ser me reinventar, então eu mesmo criei seus chifres. No começo, tentei cortar um chifre dos modelos de cabras que havia comprado, mas finalmente fiz os chifres usando massa. Depois de fazer esses chifres com sucesso, acho que meus desenhos se estabilizaram (risos).


P: Existe um personagem sobre o qual você queira chamar a atenção para este volume 11?

T: Gostaria que prestássemos atenção ao Yardrat também. O design que aparece no anime e o design fofo e inocente de Akira Toriyama estão ambos presentes. Hesitei em qual design colocar e conversei com Victory Uchida, da equipe editorial. O resultado foi colocar os dois. Afinal, na Terra, existem diferentes raças dos seres humanos? E assim, nessa mesma lógica, pensei que não era nada trivial que também houvesse vários tipos de Yardrat, e que seria bom.
Quando a história entra nas partes de combate, a curva é cada vez mais séria; portanto, se eu seguisse esse caminho, iria desenhar o Yardrat como poderosos bruxos antigos ...
Então eu lutei para superar isso, também me conscientizando das partes engraçadas e legais de "Dragon Ball". Eu disse a mim mesma que, se não tivesse um personagem atraente, continuaria com uma tensão ao máximo dele.
E então, pensei que seria um desenvolvimento interessante, como um pequeno hiato entre batalhas, com algum Yardrat inocente aparecendo.

======================================

O compromisso do Sr. Toyotarô com Dragon Ball e um local de trabalho cheio de amor!

Posterior à entrevista realizada ao mangaká Toyotarô, o site oficial de Dragon Ball também nos faz presente uma seção focada no local de trabalho da Toyotarô, e tudo o que implica para poder levar a cabo o mangá de Dragon Ball Super. Aqui lhes deixamos os pontos mais importantes e relevantes sobre este percurso que foi feito no seu local de trabalho.

======================================

Toyotaro: Quando desenho DBS, não devo descuidar de Dragon Ball, para que os mangás de DB sejam posicionados em um local para que eu possa levá-los rapidamente na mão.
Como os comprei quando estava na escola primária, nem sei quantas vezes os li.


Toyotaro: Minha fuga quando trabalho são meus figures de Dragon Ball. Quando os SHFiguarts divulgam uma nova figura, não posso deixar de fazer uma pré-encomenda.

Eu também quero outros figures, mas se eu começar a juntar mais, o número das minhas figuras poderá dar uma guinada impressionante, então eu assumo e resisto. Mas, eu simplesmente não pude resistir pelo "HG Dragonball Ginyu Tokusentai", eu absolutamente queria tê-los.


Ele parece usá-lo como referência para poses. Perfeito para desenhos corporais musculares do DBS.


Para não sujar os manuscritos, Toyotaro fez essa luva com a mão esquerda (nota: ele parece ser canhoto). Dá uma pequena atmosfera escura, é legal!


Ele apresenta seu caderno de notas (portátil) dizendo que sua bateria é super longa e que ele também pode ser usado em cafés e outros, além de ter uma grande ajuda.


No lançamento do Volume 6 de Dragon Ball Super, havia etiquetas promocionais nas quais havia uma mensagem de Akira Toriyama que continha muitos elogios sobre Toyotaro. Essas palavras o encorajam e lhe dão forças para fazer o melhor possível.


No escritório, existem muitos documentos sobre Dragon Ball Super, de modo que, quando Toyotaro se senta em sua cadeira, ele pode fazer todo o trabalho necessário e concluir tudo isso.

Ilustração e mensagem para o site oficial do Dragon Ball


No Volume 11, o terceiro desejo de Moro é realizado, e algo inimaginável acontece.
Então, o desenvolvimento da história muda totalmente de rumo. Como Goku e Vegeta vão enfrentar o terceiro desejo de Moro, que tipo de treinamento e que tipo de poder serão necessários para derrotá-lo ... esperamos ansiosamente pelo próximo confronto com Moro!
======================================

Capa oficial do Volume 11 do mangá de DBS

0 comentários:

Postar um comentário